Raíz de Todo Bem

Saulo


ouvir adicionar
Salvador, Bahia, território africano
Baiano sou eu, é você, somos nós,
Uma voz, um tambor
Oxente, cê num tá vendo que a gente é nordeste?
Cabra da peste.
Sai daí batucador.
Quem foi seu mestre?
Capoeira

Se plante
Lá vem rasteira
Pé de ladeira
Preciso da fé no Senhor do Bonfim
Pra mim, pra você, pra mim
Um chinelo de couro, uma bata,
Uma benção, mais cinquenta centavos de som
Aumenta o som!

África, iô iô.
Salvador, meu amor,
A raiz de todo bem, de tanta fé,
Do canto Candomblé

África, iô iô.
Salvador, meu amor,
A raiz de todo bem, de tanta fé,
Do canto Candomblé

Salvador, Bahia, território africano
Baiano sou eu, é você, somos nós,
Uma voz, um tambor
Oxente, cê num tá vendo que a gente é nordeste?
Cabra da peste.
Sai daí batucador.
Quem foi seu mestre?
Capoeira

Se plante
Lá vem rasteira
Pé de ladeira
Preciso da fé no Senhor do Bonfim
Pra mim, pra você, pra mim
Um chinelo de couro, uma bata,
Uma benção, mais cinquenta centavos de som
Aumenta o som!

África, iô iô.
Salvador, meu amor,
A raiz de todo bem, de tanta fé,
Do canto Candomblé

África, iô iô.
Salvador, meu amor,
A raiz de todo bem, de tanta fé,
Do canto Candomblé

África, iô iô.
Salvador, minha cor,
A raiz de todo bem, de tanta fé,
Do canto Candomblé

África, iô iô.
Salvador, meu amor,
A raiz de todo bem, de tanta fé,
Do canto Candomblé Salvador, Bahia, território africano
Baiano sou eu, é você, somos nós,
Uma voz, um tambor
Oxente, cê num tá vendo que a gente é nordeste?
Cabra da peste.
Sai daí batucador.
Quem foi seu mestre?
Capoeira

Se plante
Lá vem rasteira
Pé de ladeira
Preciso da fé no Senhor do Bonfim
Pra mim, pra você, pra mim
Um chinelo de couro, uma bata,
Uma benção, mais cinquenta centavos de som
Aumenta o som!

África, iô iô.
Salvador, meu amor,
A raiz de todo bem, de tanta fé,
Do canto Candomblé

África, iô iô.
Salvador, meu amor,
A raiz de todo bem, de tanta fé,
Do canto Candomblé

Salvador, Bahia, território africano
Baiano sou eu, é você, somos nós,
Uma voz, um tambor
Oxente, cê num tá vendo que a gente é nordeste?
Cabra da peste.
Sai daí batucador.
Quem foi seu mestre?
Capoeira

Se plante
Lá vem rasteira
Pé de ladeira
Preciso da fé no Senhor do Bonfim
Pra mim, pra você, pra mim
Um chinelo de couro, uma bata,
Uma benção, mais cinquenta centavos de som
Aumenta o som!

África, iô iô.
Salvador, meu amor,
A raiz de todo bem, de tanta fé,
Do canto Candomblé

África, iô iô.
Salvador, meu amor,
A raiz de todo bem, de tanta fé,
Do canto Candomblé

África, iô iô.
Salvador, minha cor,
A raiz de todo bem, de tanta fé,
Do canto Candomblé

África, iô iô.
Salvador, meu amor,
A raiz de todo bem, de tanta fé,
Do canto Candomblé
publicidade