Rick e Renner - Sonhando


ouvir adicionar
Lavei as mãos nas águas claras da grotinha
Bem pertinho da casinha no lugar onde eu nasci
Vi no espelho d'agua meu rosto contente
Por saber que a minha gente tava esperando por mim
E na porteira que ao ir embora eu fechei
Por uns minutos parei pra brincar com a tramela
Ouvi os gritos de mamãe que me chamava
Vem pra dentro eu nem ligava só tentava esconder dela

Ainda existe o pé de pique no terreiro
Onde o veado mateiro vinha pra comer a flor
Nós não deixamos papai matar o bichinho
Porque nele aos pouquinhos agente foi apanhando amor
No lado esquerdo dentro do velho curral
Ainda um cocho de sal onde vi papai tratar
A cafubura a pangosa e a barrosinha
A mimosa e a morena o boi rochedo e o Canadá

Fiquei parado no terreiro relembrando
Minha infância foi voltando e outra vez eu fui menino
Fechei os olhos e corri todo quintal no meu cavalo de pau
Que eu chamava de trequinho
Ouvi os cantos dos passarinhos de casa
Que papai podou as asas pra que não fossem embora
E se tivesse também podado as minhas
Com certeza eu não tinha me jogado mundo a fora

Eu fui entrando e direto pra cozinha parei atrás da velhinha
Que estava aos pés do fogão e o meu passado feito um filme foi passando
Minhas lágrimas rolando e eu travado ali no chão
Abracei o meu tesouro minha velha
Mas um rastar de chinela fez saltar meu coração
Olhei pra traz e ali estava meu velhinho
Enrugado curvadinho preto da cor de carvão

Sentei com eles na varanda da cozinha papai trouxe violinha
E pediu pra eu cantar e aquela voz tremida quase que falhando
Ainda foi me acompanhando pai e filho a duetar
E os meus irmãos aos poucos foram se juntando
A cantoria aumentando mas o final eu não sei
Quando o caminhão parou no canavial tudo voltou ao normal
Alguém gritou eu acordei

Foi tão real que parecia de verdade sonhei com a felicidade
Que já foi minha um dia
Felicidade que tá presa na distância
Mas que não sai da lembrança deste simples boia fria Lavei as mãos nas águas claras da grotinha
Bem pertinho da casinha no lugar onde eu nasci
Vi no espelho d'agua meu rosto contente
Por saber que a minha gente tava esperando por mim
E na porteira que ao ir embora eu fechei
Por uns minutos parei pra brincar com a tramela
Ouvi os gritos de mamãe que me chamava
Vem pra dentro eu nem ligava só tentava esconder dela

Ainda existe o pé de pique no terreiro
Onde o veado mateiro vinha pra comer a flor
Nós não deixamos papai matar o bichinho
Porque nele aos pouquinhos agente foi apanhando amor
No lado esquerdo dentro do velho curral
Ainda um cocho de sal onde vi papai tratar
A cafubura a pangosa e a barrosinha
A mimosa e a morena o boi rochedo e o Canadá

Fiquei parado no terreiro relembrando
Minha infância foi voltando e outra vez eu fui menino
Fechei os olhos e corri todo quintal no meu cavalo de pau
Que eu chamava de trequinho
Ouvi os cantos dos passarinhos de casa
Que papai podou as asas pra que não fossem embora
E se tivesse também podado as minhas
Com certeza eu não tinha me jogado mundo a fora

Eu fui entrando e direto pra cozinha parei atrás da velhinha
Que estava aos pés do fogão e o meu passado feito um filme foi passando
Minhas lágrimas rolando e eu travado ali no chão
Abracei o meu tesouro minha velha
Mas um rastar de chinela fez saltar meu coração
Olhei pra traz e ali estava meu velhinho
Enrugado curvadinho preto da cor de carvão

Sentei com eles na varanda da cozinha papai trouxe violinha
E pediu pra eu cantar e aquela voz tremida quase que falhando
Ainda foi me acompanhando pai e filho a duetar
E os meus irmãos aos poucos foram se juntando
A cantoria aumentando mas o final eu não sei
Quando o caminhão parou no canavial tudo voltou ao normal
Alguém gritou eu acordei

Foi tão real que parecia de verdade sonhei com a felicidade
Que já foi minha um dia
Felicidade que tá presa na distância
Mas que não sai da lembrança deste simples boia fria
Todas as músicas de Rick e Renner
Na Cara do Meu Coração
A Força Do Amor
Acostumou
Ai Que Gostoso
Ai Que Gostoso (part. Pablo) [Ao Vivo]
Amor é Rock'n Roll
Avisa Lá - Paixão de Peão - Nóis Tropica, Mas Não Cai (Ao Vivo)
Baby (part. Pablo) [Ao Vivo]
Bandida
Bebedeira
Bebo pa Carai - Ce que Mata o Tio (Ao Vivo)
Brega Demais
Calundu - Muleca (Ao Vivo)
Casa de Caboclo
Cê Tá Querendo o Quê
Cê Tá Querendo O Que?
Chão Deserto
Credencial
Dança Comigo
Dança Comigo (2012)
De Bar em Bar
De Bar em Bar (Ao Vivo)
Deixo o Coração Mandar
Doidinho Por Você
É Dez, É Cem, É Mil
É Você
Ela É Demais
Ela É Demais - Credencial - Cara de Pau (Ao Vivo)
Em Qualquer Lugar do Mundo
Essa Tal Liberdade
Esse Amor É Você
Eu Acredito Em Ti
Eu e o Sabiá
Eu Mereço
Eu Sem Você - Quem Chorou Fui Eu - Cachaceiro (part. Eduardo Costa) [Ao Vivo]
Fica Amor, Tá Cedo
Fica Comigo
Filha
Fim De Semana
Fim De Semana
Happy End
Homem Carente
I Love You
Lágrimas de Homem
Larga De Bobeira
Linha Cruzada
Mãe
Mais Que Pai e Filho (part. Victor Henrique)
Me Segura (part. Léo Maia) [Ao Vivo]
Mil Vezes Cantarei
Muleca
Na Pontinha do Pé (part. Molejo)
Não Rola
Não São As Coisas Do Amor
Não Tem Nada a Ver
Negativo Positivo
Nos Bares Da Cidade
Nossa Senhora Aparecida
Nunca Amei Assim (part. Zezé Di Camargo & Luciano)
O Amor E Eu
O Boteco Envenenou
O Boteco Envenenou - Vida de Cão (part. Rionegro & Solimões) [Ao Vivo]
O Cara Que Viveu Contigo
O Culpado Sou Eu
O Inacreditável Poder do Amor
O Nome Dela
Pão com Ovo (Ao Vivo)
Passe O Tempo Que Passar
Pneuzinho
Pra Ficar Dez
Pra Que Chorar
Pra Sempre Te Adorar
Preciso Dizer Que Te Amo
Preciso Te Encontrar
Quando
Quando a Gente Ama
Quase Lá (Ao Vivo)
Queima Queima - Pelos Botecos do Brasil (Ao Vivo)
Quero Falar Com Ela
Remelexo
Ressaca Braba
Ressaca Braba - Bebedeira - Tema Final (Ao Vivo)
Saudade Matadeira
Saudades Desse Amor
Seguir Em Frente
Sem Direção
Sem Você
Só Coisa
Só Nós Dois
Só Pensando Em Você
Só Queria Voltar Pra Ela
Sonhando
Te Amo Pai
Tira a Roupa
Tira a Roupa (Ao Vivo)
Toma Lá Dá Cá
Toma Toma
Toma Toma (Ao Vivo)
Tonto
Tudo Errado
Tudo Que é Demais Enjoa
Uma Mulher Como Você
Vai Ficar Assim
Vai Vai Muuuuuuuuu
publicidade