Eu abro os olhos e vejo pela janela
A chuva cai e eu não posso sorrir
Mas no meu coração, há uma esperança
De que o tempo vai abrir...

Dentro de mim
Crianças correm nos parques
Dentro de mim, os homens vivem felizes
Dentro de mim, a humanidade é salva
Dentro de mim...

Vem o mar Vermelho, posso atravessá-lo
Vem as correntes, posso quebrá-las
Tendo Jesus sempre ao meu lado
Que venham os montes
Posso transpassá-los
Seguindo em frente para o dia final
Tendo Jesus sempre ao meu lado... Eu abro os olhos e vejo pela janela
A chuva cai e eu não posso sorrir
Mas no meu coração, há uma esperança
De que o tempo vai abrir...

Dentro de mim
Crianças correm nos parques
Dentro de mim, os homens vivem felizes
Dentro de mim, a humanidade é salva
Dentro de mim...

Vem o mar Vermelho, posso atravessá-lo
Vem as correntes, posso quebrá-las
Tendo Jesus sempre ao meu lado
Que venham os montes
Posso transpassá-los
Seguindo em frente para o dia final
Tendo Jesus sempre ao meu lado...
publicidade