ouvir : conectando
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"
  • traduzir letra
  • imprimir letra
  • corrigir letra
  • ajuda


Sonhei que era uma rosa
Feminil e delicada
Acordei viril,
Musculosa e inadequada

Sonhei que era uma voz
A propor belas falas
Não a rudez que tolhe
Em prosa que não calha

No andar
No pensar
No amar
Um eterno mal estar
Pra quê fui o amor inventar

Sou aquela que se entrosa
Com todos os meninos
Vigorosa e desprendida
Nas bandas da vida

Países não me explicam
Parentes não me abrigam
Poetas me perfuram
E palavras me penetram

No andar
No olhar
No tocar
Um eterno desejar
Pra quê fui o amor revirar

No feminino tímida
No masculino íntima
Sou de improviso lúbrica
De propósito rústica


Mais músicas de Paula Toller

músicas | top novidades | top músicas | top artistas

mais músicas

Nocaute - Jorge e Mateus
Até Você Voltar - Henrique e Juliano
Diz Pra Mim - Malta
Saudade Idiota - Lucas Lucco
Wiggle (feat. Snoop Dogg) - Jason Derulo
Cobertor (Part. Projota) - Anitta
Céu Azul - Charlie Brown Jr.
Domingo de Manhã (Acústico) - Marcos & Belutti
Cê Topa (Ao Vivo 2013) - Luan Santana
Dark Horse (feat. Juicy J) - Katy Perry