Aos sete anos já fazia balé
Aos 12 anos estudava francês
Aos 15 anos tinha o próprio chofer
Comprava vestido e só usava uma vez...

Aos 20 tinha carro pra zoar,
Mesada alta e mais de um metro e setenta
Aos 25, tudo no lugar...
E uma cabeça que ninguém agüenta!

Patricinha, você é tão metida
Mas essa noite você vai ser minha
Quero te ver saindo do motel
Toda metidinha...

Gasta uma nota preta com estilista
Esteticista e conta de telefone
Já está no seu terceiro ou quarto analista
E na quinta prótese de silicone!

Não sabe o que quer ser da vida...
Montou negócio, tentou ser atriz...
Quando se sente muito deprimida
Vai fazer compras pra ficar feliz...

Patricinha, você é tão metida
Mas eu não vou te deixar sozinha
Quer Adoro ver você lá no motel
Toda metidinha...

É fútil, frágil, insegura...
Tem quase tudo e quase nunca ri...
Só perde a pose e deixa de frescura
Quando se deita com o papai aqui...

Patricinha, você é tão metida
Mas você fica mesmo uma gracinha
Quando sai comigo do motel
Toda metidinha...
Aos sete anos já fazia balé
Aos 12 anos estudava francês
Aos 15 anos tinha o próprio chofer
Comprava vestido e só usava uma vez...

Aos 20 tinha carro pra zoar,
Mesada alta e mais de um metro e setenta
Aos 25, tudo no lugar...
E uma cabeça que ninguém agüenta!

Patricinha, você é tão metida
Mas essa noite você vai ser minha
Quero te ver saindo do motel
Toda metidinha...

Gasta uma nota preta com estilista
Esteticista e conta de telefone
Já está no seu terceiro ou quarto analista
E na quinta prótese de silicone!

Não sabe o que quer ser da vida...
Montou negócio, tentou ser atriz...
Quando se sente muito deprimida
Vai fazer compras pra ficar feliz...

Patricinha, você é tão metida
Mas eu não vou te deixar sozinha
Quer Adoro ver você lá no motel
Toda metidinha...

É fútil, frágil, insegura...
Tem quase tudo e quase nunca ri...
Só perde a pose e deixa de frescura
Quando se deita com o papai aqui...

Patricinha, você é tão metida
Mas você fica mesmo uma gracinha
Quando sai comigo do motel
Toda metidinha...
publicidade