Brasil, Um Coração Que Pulsa Forte, Pátria De Todos Ou Terra De Ninguém

Neguinho da Beija-Flor


ouvir adicionar
Luz
Celestial que ilumina
Astros abrem a porta divinas
Guiando a navegação
Descobrindo esta nova nação
Semente de uma nova era
Paraíso de beleza natural
Índios guerreiros de pele dourada
E alma purificada
Habitavam este solo colossal
Corsários e aventureiros
Invadem o cruzeiro pela ambição
Lutaram e catequizaram
A pátria de todos os povos então

E o negro aqui chegou
E o seu canto de fé ecoou
Liberdade pra ser feliz
O braço forte que ergueu nosso país

Assim
São Vicente veio a encantar (Oba, oba)
Berço da democracia
Rio capital do meu Brasil
Brasil eu sonhei
Que o Senhor havia nos dado a mão
Que havia ordem, progresso e perdão
E um ser de luz a iluminar
E hoje eu canto
Ô pátria amada me envolvo em seu manto
Por essa terra sem dono, sem leis
Pra ver o sonho que sonhei

Me abrace amor com seu calor
Faz pulsar meu coração
Sou Beija-Flor e trago a paz
Nos olhos da geração Luz
Celestial que ilumina
Astros abrem a porta divinas
Guiando a navegação
Descobrindo esta nova nação
Semente de uma nova era
Paraíso de beleza natural
Índios guerreiros de pele dourada
E alma purificada
Habitavam este solo colossal
Corsários e aventureiros
Invadem o cruzeiro pela ambição
Lutaram e catequizaram
A pátria de todos os povos então

E o negro aqui chegou
E o seu canto de fé ecoou
Liberdade pra ser feliz
O braço forte que ergueu nosso país

Assim
São Vicente veio a encantar (Oba, oba)
Berço da democracia
Rio capital do meu Brasil
Brasil eu sonhei
Que o Senhor havia nos dado a mão
Que havia ordem, progresso e perdão
E um ser de luz a iluminar
E hoje eu canto
Ô pátria amada me envolvo em seu manto
Por essa terra sem dono, sem leis
Pra ver o sonho que sonhei

Me abrace amor com seu calor
Faz pulsar meu coração
Sou Beija-Flor e trago a paz
Nos olhos da geração
publicidade