Maria Rosa namorava o Zé Gaguinho,
E o coitadinho gaguejava pra danar,
E a Maria com tamanha penitência perdeu logo
A paciência e mandou ele passear
Um mês depois a solidão bateu,
E a Maria percebeu que ainda tava afim,
Passou no bar compro uma garafa de vinho
Foi beber com o Zé Gaguinho e ele disse assim:

-"Você mijo mijo mijogô fora,
Mais que coco coco cocoisa ruim,
Cê vai caga caga cagarrafa em bora
Cê nuncagô cagô cagosto de min,
Tátá que que que que que querendo me engana é,
E cê fode cê fode cê fode fô desse jeito não dá..."

Maria Rosa imaginou que Zé Gaguinho
Ao ver o vinho esquecesse a humilhação
Mas Zé Gaguinho que também tem sentimento
Refletiu nesse momento
E pra ela disse não
Mas a Maria que queria outra chance
Aquele vinho na garrafa ofereceu
Mas o gaguinho com o coração ferido
Olhou pra ela enfurecido
E assim lhe respondeu:

-"Você mijo mijo mi jogô fora,
Mais que coco coco cocoisa ruim,
Cê vai caga caga cagarrafa em bora
Cê nuncagô cagô cagosto de mim,
Tátá que que que que que querendo me engana é,
E cê fode cê fode cê fode fô desse jeito não dá..."

letras
letra da música
Envie essa música para um amigo:

1 - Música selecionada para seu amigo(a) ouvir
2 - Preencha os campos abaixo (obrigatório)

3 - Coloque o título e a mensagem do cartão (opcional)

 
Todas as músicas de Juvenal Cara de Pau
Herança
Homenagem Ao Professor
Loira De Mão Grossa
Zé Gaguinho
publicidade
publicidade