Zé é um sujeito bem feio
que vive por ali no passeio
as vezes ele é engraxate
as vezes vende língua ao empate

Zé mora de baixo da ponte
por isso tem um belo tem um belo horizonte
o Zé cata comida no lixo
será que o Zé e gente ou é bicho

A mãe do Zé sempre foi simpática
embora não soubese gramática
sabia que onde tem marinheiro
dá sempre pra arranjar um dinheiro

Sabia que onde tem marinheiro
dá sempre pra arranjar um dinheiro

O Zé é um sujeito bacana
só come uma vez por semana
o Zé é um sujeito batuta
é o proprio, proprio da luta(bis)

Existe um postulado político
o Zé não deve ter senso crítico
enquanto a gente come filé
o Zé que chupe o dedão do pé

De vez enquando o Zé degenera
e vira um assaltante uma fera
o Zé outro Zé e outro junto
um deles sempre vira presunto

O Zé vê a polícia e já sai logo correndo
e a porrada é tanta e o cacetete cantando

Polícia nunca sabe porque que tá batendo
o Zé sempre sabe porque tá apanhando
Plícia nunca sabe poruqe que tá batendo
o Zé sempre sabe porque tá apanhando

O Zé é um sujeito bacana
só come uma vez por semana
o Zé é um sujeito batuta
é o proprio, proprio da luta(bis)

Ah e agora José, e agora José
e agora José, mais e agora José
e agora José, mais e agora José
e agora José, mais e agora José
e agora José, e agora José
e agora José, e agora José....

letras
letra da música
Envie essa música para um amigo:

1 - Música selecionada para seu amigo(a) ouvir
2 - Preencha os campos abaixo (obrigatório)

3 - Coloque o título e a mensagem do cartão (opcional)

 
publicidade
publicidade