Declamação:

Assim disse o rei Nabucodonosor:
A todos os prefeitos, os presidentes
Juízes, tesoureiros, conselheiros
Oficiais e todos os governadores das províncias
Servos, escravos, livres, pais, filhos
Raça, tribo, todos do pátio do palácio
Do rei Nabucodonosor
Para adorarem a estátua
Que ele levantou para sua própria glória
E todo aquele que não se dobrar perante a estátua
Será lançado na fornalha de fogo ardente
Assim disse o rei, assim se fará.

E lá, estavam os três
Cheios de unção
E de convicção da cabeça aos pés
Um olhando para o outro dizendo não vamos nos prostrar
Ainda que custe a nossa vida vamos ser fiéis
Começam os preparativos para a banda tocar
E a cada minuto que passa deles aumenta a fé
E quando a banda tocou todos se prostraram de uma só vez
Mas no meio da multidão os três ficaram de pé.

Rapidamente alguém já viu e ali ao rei fora informar
O senhor não mandou se dobrar?
Mas tem gente ali no meio que não obedece
Mesmo sendo ameaçado de fornalha eles ficam lá
Com um brilho diferente até no olhar
E de pé na multidão eles permanecem

Chama-os aqui pra gente conversar
Pois eu quero ver quem vai os livrar
Traga-os a minha presença
E vou mostrar quem manda neste lugar
E lá vem os três firmes sem temer
E não se importaram em viver ou morrer
Indignado o rei Nabucodonosor começou a dizer:

É verdade Sadraque, Mesaque e Abdenego
Que vocês não prestam culto aos meus deuses?
Nem adoram a imagem de ouro que mandei erguer?
Pois agora, quando vocês ouvirem os instrumentos tocarem
Se vocês se dispuserem a prostrar-se em terra e
Adorar a imagem que eu fiz
Será melhor pra vocês
Mas se não adorarem serão imediatamente atirados
Na fornalha em chamas
E que Deus vos poderá livrar das minhas mãos?

Não necessitamos responder-te, oh rei
O Deus do céu é quem pode nos livrar
E, senão, fica sabendo, oh rei, não serviremos
Aos teus deuses
Nem vamos nos prostrar.

E foram jogados na fornalha ardente
Mas aconteceu algo surpreendente
É que o quarto homem lá chegou primeiro
Para os três jovens livrar
Eles passeavam no meio do fogo
E o rei assustado faz um decreto novo
De hoje em diante só ao Deus do céu iremos adorar.

[ REFRÃO ]

É o mundo se curvando e a igreja de pé, de pé, de pé, de pé
A igreja não se dobra
É o mundo se curvando e a igreja de pé, de pé, de pé, de pé
E a vitória é nossa.

É o mundo perseguindo e a igreja de pé,
É o mundo insistindo e a igreja de pé,
É o mundo oprimindo e a igreja de pé, de pé, de pé
A igreja vai permanecer de pé.

letras
letra da música
Envie essa música para um amigo:

1 - Música selecionada para seu amigo(a) ouvir
Vencendo De Pé
músicas de Eliã Oliveira

2 - Preencha os campos abaixo (obrigatório)

3 - Coloque o título e a mensagem do cartão (opcional)

 
Todas as músicas de Eliã Oliveira
A Guerra De Josafá
Vencendo De Pé
publicidade
publicidade