A minha história eu conto pra vocês,
eu sou mineiro, e mineiro bom,
não faz um dia nem tampouco um mês,
faz muitos ano, não esqueço não.

Eu era moço, um mineiro forte,
trabalhador, e posso até jurar.
Corri o Brasil e fui de sul a norte
para a tristeza um pouco disfarçar.

Minas Gerais, deixei lá meu sertão,
troxe saudade de lá vim embora
e vim com ela no meu coração,
quando me lembro os meus olhos chora.

Eu vou contá porque razão saí,
por que deixei o meu torrão natal.
Deixei meu rancho lá donde eu nasci,
que foi meu berço, isso é natural.

Foi nesse rancho bem no pé da estrada,
pois até hoje vocês podem ver,
lá eu nasci, e na mesma morada
veio também um outro amor nascer.

Aquela santa minha companhera,
que Deus me deu pra pra mim ser tão feliz,
mais um dia a sorte traiçoera
levou aquela que eu tanto quis.

E nesse dia de tanta tristeza,
meu coração a soluçar de dor,
eu me arribei por outra natureza,
Minas Gerais tão grande lá ficou.

Mas qual o que eu não me esqueço não,
aquele Estado eu amo de mais.
Quero voltar naquele meu torrão,
Quero morrer lá em Minas Gerais.


letras
letra da música
Envie essa música para um amigo:

1 - Música selecionada para seu amigo(a) ouvir
2 - Preencha os campos abaixo (obrigatório)

3 - Coloque o título e a mensagem do cartão (opcional)

 
publicidade
publicidade