Amou daquela vez
Como se fosse a última
Beijou sua mulher
Como se fosse a última
E cada filho seu
Como se fosse o único
E atravessou a rua
Com seu passo tímido
Subiu a construção
Como se fosse máquina
Ergueu no patamar
Quatro paredes sólidas
Tijolo com tijolo
Num desenho mágico
Seus olhos embotados
De cimento e lágrima
Sentou prá descansar
Como se fosse sábado
Comeu feijão com arroz
Como se fosse um príncipe
Bebeu e soluçou
Como se fosse um náufrago
Dançou e gargalhou
Como se ouvisse música
E tropeçou no céu
Como se fosse um bêbado
E flutuou no ar
Como se fosse um pássaro
E se acabou no chão
Feito um pacote flácido
Agonizou no meio
Do passeio público
Morreu na contramão
Atrapalhando o tráfego...

Amou daquela vez
Como se fosse o último
Beijou sua mulher
Como se fosse a única
E cada filho seu
Como se fosse o pródigo
E atravessou a rua
Com seu passo bêbado
Subiu a construção
Como se fosse sólido
Ergueu no patamar
Quatro paredes mágicas
Tijolo com tijolo
Num desenho lógico
Seus olhos embotados
De cimento e tráfego
Sentou prá descansar
Como se fosse um príncipe
Comeu feijão com arroz
Como se fosse o máximo
Bebeu e soluçou
Como se fosse máquina
Dançou e gargalhou
Como se fosse o próximo
E tropeçou no céu
Como se ouvisse música
E flutuou no ar
Como se fosse sábado
E se acabou no chão
Feito um pacote tímido
Agonizou no meio
Do passeio náufrago
Morreu na contramão
Atrapalhando o público...

Amou daquela vez
Como se fosse máquina
Beijou sua mulher
Como se fosse lógico
Ergueu no patamar
Quatro paredes flácidas
Sentou prá descansar
Como se fosse um pássaro
E flutuou no ar
Como se fosse um príncipe
E se acabou no chão
Feito um pacote bêbado
Morreu na contra-mão
Atrapalhando o sábado...

Por esse pão prá comer
Por esse chão prá dormir
A certidão prá nascer
E a concessão prá sorrir
Por me deixar respirar
Por me deixar existir
Deus lhe pague...

Pela cachaça de graça
Que a gente tem que engolir
Pela fumaça desgraça
Que a gente tem que tossir
Pelo andaimes pingentes
Que a gente tem que cair
Deus lhe pague...

Pela mulher carpideira
Prá nos louvar e cuspir
E pelas moscas bixeiras
A nos beijar e cobrir
E pela paz derradeira
Que enfim vai nos redimir
Deus lhe pague...


letras
letra da música
Envie essa música para um amigo:

1 - Música selecionada para seu amigo(a) ouvir
2 - Preencha os campos abaixo (obrigatório)

3 - Coloque o título e a mensagem do cartão (opcional)

 
Todas as músicas de Chico Buarque
A Banda
A Ilha
A Noiva Da Cidade
A Ostra E O Vento
A Rosa (part. Djavan)
A Violeira (ao vivo)
A Volta Do Malandro
A Voz Do Dono E O Dono Da Voz
Acalanto
Acorda Amor
Almanaque
Ana De Amsterdam
Ana de Amsterdam (ao vivo)
Angélica
Anos Dourados (ao vivo)
Apesar de Você
Aquela Mulher
As Atrizes
As Vitrines
Assentamento
Ate O Fim
Até Pensei
Baioque (ao vivo)
Barafunda
Barafunda (ao vivo)
Bárbara
Basta Um Dia
Bastidores
Bastidores (ao vivo)
Bem Querer
Bolero Blues
Bom Conselho
Bye Bye Brasil
Caçada
Cala A Boca, Bárbara
Cálice (part. Nilton Nascimento)
Camisola Do Dia
Carolina
Chão De Esmeraldas
Chorinho
Choro Bandido (ao vivo)
Cobra De Vidro
Cobras E Lagartos
Com Açucar E Com Afeto
Construção
Copo Vazio
Cordão
Corrente
Cotidiano
Cuidado Com A Outra
De Todas As Maneiras
De Volta Ao Samba (ao vivo)
Deixe A Menina
Desalento
Desalento (ao vivo)
Deus Lhe Pague
Dueto
Dura Na Queda
Ela É Dançarina
Ela Faz cinema
Essa Moça Ta Diferente
Essa Pequena
Essa Pequena (ao vivo)
Eu Te Amo - part. Ana Carolina
Fado Tropical
Fantasia
Feijoada Completa
Festa Imodesta
Filosofia
Flor Da Idade
Foi Assim
Fortaleza
Frevo
Futuros Amantes (ao vivo)
Geni e o Zepelim
Geni e o Zepelim (ao vivo)
Gita
Gota D'Agua
Hino Da Repressão (2º Turno)
Homenagem Ao Malandro
Imagina
Injuriado (ao vivo)
Já Passou
Janclas Abertas No.2
João e Maria
Jorge Maravilha
Lágrima
Leve
Ligia
Linha De Montagem
Madalena Foi Pro Mar
Mambembe
Mar E Lua
Me Deixe Mudo
Meu Caro Amigo
Mil Perdões
Minha Historia (Gesubambino)
Morena De Angola
Morro Dois Irmãos
Moto Contínuo
Mulheres De Atenas
Na Carreira (ao vivo)
Não Existe Pecado Ao Sul Do Equador - Boi Voador Não Pode
Não Sonho Mais
Nina
Nina (ao vivo)
Noite Dos Mascarados
Noticia De Jornal
O Amor em Paz
O Caderno
O Casamento Dos Pequenos Burgueses
O Filho Que Eu Quero Ter
O Futebol
O Meu Amor
O Meu Amor (ao vivo)
O Meu Guri
O Pinguim
O Que Será (A Flor da Pele - part. Milton Nascimento)
O Velho Francisco
O Velho Francisco (ao vivo)
Ode Aos Ratos
Ole, Ola
Olha (part. Erasmo Carlos)
Olha Maria
Olhos Nos Olhos
Outros Sonhos
Paratodos
Partido Alto
Passaredo
Pedaço De Mim
Pelas Tabelas
Pequeña Serenata Diurna
Pivete
Porque Era Ela, Porque Era Eu
Prólogo (O Elogio Da Traição)
Quadrilha
Qualquer Canção
Quando O Carnaval Chegar
Quem Te Viu Quem Te Ve
Querido Diário
Querido Diário (ao vivo)
Rap de Cálice (ao vivo)
Renata Maria
Retrato Em Branco E Preto
Roda Viva (part. MP4)
Rubato
Rubato (ao vivo)
Samba De Orly
Samba Do Grande Amor
Samba E Amor
Se Eu Soubesse
Se Eu Soubesse (ao vivo)
Sem Açucar
Sem Fantasia
Sem Você nº 2
Sem Você nº 2 (ao vivo)
Sempre
Sinal Fechado
Sinhá
Sinhá (ao vivo)
Sob Medida (ao vivo)
Sobre Todas as Coisas
Sonhos, Sonhos São
Sou Eu
Sou Eu (ao vivo)
Subúrbio
Tanto Amar
Tanto Mar
Tatuagem
Teresinha (ao vivo)
Tereza da Praia (ao vivo)
Tipo um Baião
Tipo Um Baião (ao vivo)
Tira As Mãos De Mim
Todo O Sentimento (ao vivo)
Trapaças
Trocando Em Miúdos
Uma Cancão Inedita
Vai Levando
Vai Passar
Vai Trabalhar Vagabundo
Valsa Brasileira
Valsa Brasileira (ao vivo)
Valsinha
Vence Na Vida Quem Diz Sim
Vida
Você Não Sabe Amar
Você Vai Me Seguir
Xote De Navegação
Yolanda (part. Simone)
publicidade
publicidade