Mora no fundo do mar, minha mãe
Mora, e eu conheço o lugar
‘Bora levar sua prenda
Um espelho, uma renda
Um perfume, um colar

Pra que Iemanjá não me deixe
Faltar o meu peixe
Eu não posso faltar
Acordo junto com o sol
Deixo a rede e o anzol
Vou saudar Odoiá

No segundo dia do segundo mês
Sou sempre o primeiro, vou eu outra vez
Deixar sobre as ondas meu ponto de fé
Pra dona das águas, Oyá das marés

Quem vive e depende dos frutos do mar
Aprende bem cedo a saber respeitar
Que o mar tem segredos, alegria e dor
Um dia da pesca, outro do pescador

Hoje meu presente é em verso
Ao inverso da lenda
Ouve o meu cantar Odoiá
Em tua oferenda

letras
letra da música
Envie essa música para um amigo:

1 - Música selecionada para seu amigo(a) ouvir
2 - Preencha os campos abaixo (obrigatório)

3 - Coloque o título e a mensagem do cartão (opcional)

 
publicidade
publicidade