Pastor, vim aqui pra dizer
Já não quero servir
Este mundo tão fútil
Pastor, vim aqui declarar
Que eu não quero viver uma vida inútil

Pastor, quero abrir o meu peito
Confessar meus defeitos
E as loucuras que eu fiz
E assim, só assim vencerei
E ao Teu lado serei
Para sempre feliz

Pastor, eis o meu desabafo...
Pastor, eis a minha confissão...
Porque, fui ovelha perdida
No caminho ferida, caída no chão

Mas com atitudes gentis
Tomaste-me nos braços Teus
E agora, por fim sou feliz
Pois contigo me fiz
Uma ovelha de Deus
Pastor, vim aqui pra dizer
Já não quero servir
Este mundo tão fútil
Pastor, vim aqui declarar
Que eu não quero viver uma vida inútil

Pastor, quero abrir o meu peito
Confessar meus defeitos
E as loucuras que eu fiz
E assim, só assim vencerei
E ao Teu lado serei
Para sempre feliz

Pastor, eis o meu desabafo...
Pastor, eis a minha confissão...
Porque, fui ovelha perdida
No caminho ferida, caída no chão

Mas com atitudes gentis
Tomaste-me nos braços Teus
E agora, por fim sou feliz
Pois contigo me fiz
Uma ovelha de Deus
publicidade