Eu Bebo E Choro Por Você

Léo Magalhães


ouvir adicionar
Apaixonado eu canto, eu bebo, choro por você
Não sou cachorro não
Mas tô assim levando uma vida de cão...
Ver os namorados e eu sozinho
Esta cena dói na alma
Todo mundo se mandando, o bar fechando
É o garçom que me consola
Me falando, ela volta, amigo calma

Sem ela fico perdido
Deus o que é que eu faço agora
Sem pensar e aborrecido
Mandei meu amor embora

Hoje choro arrependido
Tô aqui pedindo arrego
Ouça o que eu tenho sofrido
Já não é mais um segredo
Que eu estou...

(Refrão)
Apaixonado eu canto, eu bebo, choro por você
Não sou cachorro não
Mas tô assim levando uma vida de cão...
Ver os namorados e eu sozinho
Esta cena dói na alma
Todo mundo se mandando, o bar fechando
É o garçom que me consola
Me falando, ela volta, amigo calma

Hoje choro arrependido
Tô aqui pedindo arrego
Ouça o que eu tenho sofrido
Já não é mais um segredo
Que eu estou...

(Refrão)
Apaixonado eu canto, eu bebo, choro por você
Não sou cachorro não
Mas tô assim levando uma vida de cão...
Ver os namorados e eu sozinho
Esta cena dói na alma
Todo mundo se mandando, o bar fechando
É o garçom que me consola
Me falando, ela volta, amigo calma (2x) Apaixonado eu canto, eu bebo, choro por você
Não sou cachorro não
Mas tô assim levando uma vida de cão...
Ver os namorados e eu sozinho
Esta cena dói na alma
Todo mundo se mandando, o bar fechando
É o garçom que me consola
Me falando, ela volta, amigo calma

Sem ela fico perdido
Deus o que é que eu faço agora
Sem pensar e aborrecido
Mandei meu amor embora

Hoje choro arrependido
Tô aqui pedindo arrego
Ouça o que eu tenho sofrido
Já não é mais um segredo
Que eu estou...

(Refrão)
Apaixonado eu canto, eu bebo, choro por você
Não sou cachorro não
Mas tô assim levando uma vida de cão...
Ver os namorados e eu sozinho
Esta cena dói na alma
Todo mundo se mandando, o bar fechando
É o garçom que me consola
Me falando, ela volta, amigo calma

Hoje choro arrependido
Tô aqui pedindo arrego
Ouça o que eu tenho sofrido
Já não é mais um segredo
Que eu estou...

(Refrão)
Apaixonado eu canto, eu bebo, choro por você
Não sou cachorro não
Mas tô assim levando uma vida de cão...
Ver os namorados e eu sozinho
Esta cena dói na alma
Todo mundo se mandando, o bar fechando
É o garçom que me consola
Me falando, ela volta, amigo calma (2x)
publicidade