Recaídas (Ao Vivo)

Henrique e Juliano


ouvir adicionar
Você pode ficar com quem você quiser, não tem nada a ver
Eu não mando em você, mas ainda choro
E quando alguém comenta, não quero saber

Me preocupo, e apesar dos pesares
Eu sempre quero te ver bem
E ainda vou além
Em uma relação sei que não vai ser fácil amar outro alguém

E hoje mesmo separados sinto que o seu corpo ainda é meu
Às vezes me escondo e faço de tudo pra ninguém notar que eu
Vivo e morro por ti, tem semanas que às vezes sofro e vem as recaídas...

Às vezes eu queria ter o poder de poder te apagar da memória
E nessa fraqueza ter força pra fazer com que essa nossa história
Não passe de passado e fique da porta pra fora...

Se eu pudesse te apagar da minha mente, apagaria agora
Mais toda vez que eu me lembro de nós dois
Meu coração sempre chora
E é sempre a mesma história...

Me preocupo, e apesar dos pesares
Eu sempre quero te ver bem
E ainda vou além
Em uma relação sei que não vai ser fácil amar outro alguém

E hoje mesmo separados sinto que o seu corpo ainda é meu
Às vezes me escondo e faço de tudo pra ninguém notar que eu
Vivo e morro por ti, tem semanas que às vezes sofro e vem as recaídas...

Às vezes eu queria ter o poder de poder te apagar da memória
E nessa fraqueza ter força pra fazer com que essa nossa história
Não passe de passado e fique da porta pra fora...

Se eu pudesse te apagar da minha mente, apagaria agora
Mais toda vez que eu me lembro de nós dois
Meu coração sempre chora
E é sempre a mesma história...
E é sempre a mesma história... Você pode ficar com quem você quiser, não tem nada a ver
Eu não mando em você, mas ainda choro
E quando alguém comenta, não quero saber

Me preocupo, e apesar dos pesares
Eu sempre quero te ver bem
E ainda vou além
Em uma relação sei que não vai ser fácil amar outro alguém

E hoje mesmo separados sinto que o seu corpo ainda é meu
Às vezes me escondo e faço de tudo pra ninguém notar que eu
Vivo e morro por ti, tem semanas que às vezes sofro e vem as recaídas...

Às vezes eu queria ter o poder de poder te apagar da memória
E nessa fraqueza ter força pra fazer com que essa nossa história
Não passe de passado e fique da porta pra fora...

Se eu pudesse te apagar da minha mente, apagaria agora
Mais toda vez que eu me lembro de nós dois
Meu coração sempre chora
E é sempre a mesma história...

Me preocupo, e apesar dos pesares
Eu sempre quero te ver bem
E ainda vou além
Em uma relação sei que não vai ser fácil amar outro alguém

E hoje mesmo separados sinto que o seu corpo ainda é meu
Às vezes me escondo e faço de tudo pra ninguém notar que eu
Vivo e morro por ti, tem semanas que às vezes sofro e vem as recaídas...

Às vezes eu queria ter o poder de poder te apagar da memória
E nessa fraqueza ter força pra fazer com que essa nossa história
Não passe de passado e fique da porta pra fora...

Se eu pudesse te apagar da minha mente, apagaria agora
Mais toda vez que eu me lembro de nós dois
Meu coração sempre chora
E é sempre a mesma história...
E é sempre a mesma história...
publicidade