Como é que pode ter apagado esse fogo de repente
Se existia uma fogueira dentro do seu coração umm, rumm,
Tô feito um louco azoado pelas ruas recordando a gente
Mas o destino te levou de mim, deixando a solidão umm, rumm,
Vem meu dengo, me faz um carinho, tô precisando tanto de você
Tô me sentindo feito um menino que o brinquedo nunca quer perder
Como é que pode ter apagado esse fogo de repente
Se existia uma fogueira dentro do seu coração umm, rumm,
Tô feito um louco azoado pelas ruas recordando a gente
Mas o destino te levou de mim, deixando a solidão umm, rumm,
Vem meu dengo, me faz um carinho, tô precisando tanto de você
Tô me sentindo feito um menino que o brinquedo nunca quer perder
Vem meu dengo, me faz um carinho, tô precisando tanto de você
Tô me sentindo feito um menino que o brinquedo nunca quer perder
Vem meu dengo, me faz um carinho, tô precisando tanto de você
Tô me sentindo feito um menino que o brinquedo nunca quer perder
Prenda minha, teu cheiro só me dá prazer,
eu tô doidinho pra roubar teu beijo
E nos braços pra sempre viver
Prenda minha, teu cheiro só me dá prazer,
eu tô doidinho pra roubar teu beijo
E nos teus braços pra sempre viver
Vem meu dengo, me faz um carinho, tô precisando tanto de você
Tô me sentindo feito um menino que o brinquedo nunca quer perder
Vem meu dengo, me faz um carinho, tô precisando tanto de você
Tô me sentindo feito um menino que o brinquedo nunca quer perder
Prenda minha, teu cheiro só me dá prazer,
eu tô doidinho pra roubar teu beijo
E nos teus braços pra sempre viver
Prenda minha, teu cheiro só me dá prazer,

eu tô doidinho pra roubar teu beijo
E nos teus braços pra sempre viver
eu tô doidinho pra roubar teu beijo
E nos teus braços pra sempre viver
Como é que pode ter apagado esse fogo de repente
Se existia uma fogueira dentro do seu coração umm, rumm,
Tô feito um louco azoado pelas ruas recordando a gente
Mas o destino te levou de mim, deixando a solidão umm, rumm,
Vem meu dengo, me faz um carinho, tô precisando tanto de você
Tô me sentindo feito um menino que o brinquedo nunca quer perder
Como é que pode ter apagado esse fogo de repente
Se existia uma fogueira dentro do seu coração umm, rumm,
Tô feito um louco azoado pelas ruas recordando a gente
Mas o destino te levou de mim, deixando a solidão umm, rumm,
Vem meu dengo, me faz um carinho, tô precisando tanto de você
Tô me sentindo feito um menino que o brinquedo nunca quer perder
Vem meu dengo, me faz um carinho, tô precisando tanto de você
Tô me sentindo feito um menino que o brinquedo nunca quer perder
Vem meu dengo, me faz um carinho, tô precisando tanto de você
Tô me sentindo feito um menino que o brinquedo nunca quer perder
Prenda minha, teu cheiro só me dá prazer,
eu tô doidinho pra roubar teu beijo
E nos braços pra sempre viver
Prenda minha, teu cheiro só me dá prazer,
eu tô doidinho pra roubar teu beijo
E nos teus braços pra sempre viver
Vem meu dengo, me faz um carinho, tô precisando tanto de você
Tô me sentindo feito um menino que o brinquedo nunca quer perder
Vem meu dengo, me faz um carinho, tô precisando tanto de você
Tô me sentindo feito um menino que o brinquedo nunca quer perder
Prenda minha, teu cheiro só me dá prazer,
eu tô doidinho pra roubar teu beijo
E nos teus braços pra sempre viver
Prenda minha, teu cheiro só me dá prazer,

eu tô doidinho pra roubar teu beijo
E nos teus braços pra sempre viver
eu tô doidinho pra roubar teu beijo
E nos teus braços pra sempre viver
publicidade