Evandro e Agnaldo - Tiro Fatal


ouvir adicionar
Me pega, me ganha, me arranha;
Me assanha, me joga no colchão
Me dá o seu beijo me mata o desejo,
Detona o meu coração.
Você é fogo é brasa, você se extravasa
É terremoto que abala, é vulcão
Você me incendeia, paixão corre na veia
A dose certa de amor e sedução.
É feito mistério, me tira do sério
Me faz sair do meu normal
Se joga se atira, tá na minha mira,
Com dedo no gatilho um tiro fatal.
Refrão: [2]
Me pega, me ganha, me arranha;
Me assanha, me joga no colchão
Me dá o seu beijo me mata o desejo,
Detona o meu coração. Me pega, me ganha, me arranha;
Me assanha, me joga no colchão
Me dá o seu beijo me mata o desejo,
Detona o meu coração.
Você é fogo é brasa, você se extravasa
É terremoto que abala, é vulcão
Você me incendeia, paixão corre na veia
A dose certa de amor e sedução.
É feito mistério, me tira do sério
Me faz sair do meu normal
Se joga se atira, tá na minha mira,
Com dedo no gatilho um tiro fatal.
Refrão: [2]
Me pega, me ganha, me arranha;
Me assanha, me joga no colchão
Me dá o seu beijo me mata o desejo,
Detona o meu coração.
publicidade