Quem é que mente quando fala
Balanço bom e coisa rara
Tem quem faça tem quem jura
Balanço bom é coisa pura
Balanço bom pra qualquer cor, credo ou raça
Indiferente, balanço é bom pra toda gente que faça,
Que tenha raça
Balanço é especial,
Mudando a vida da gente, sem aviso, inconseqüente
Deixando a gente sem saber, o que fazer

Balanço,
É a vida evitando a morte
É a revanche do fraco sobre o forte
É pura sorte, é pura sorte
Balanço que nos leva ao fim da vida
Inevitável, não tem saída (é coisa certa)
É meu limite, é meu limite
E a possibilidade infinita
A mais bonita das canções
É ilusão, é ilusão Quem é que mente quando fala
Balanço bom e coisa rara
Tem quem faça tem quem jura
Balanço bom é coisa pura
Balanço bom pra qualquer cor, credo ou raça
Indiferente, balanço é bom pra toda gente que faça,
Que tenha raça
Balanço é especial,
Mudando a vida da gente, sem aviso, inconseqüente
Deixando a gente sem saber, o que fazer

Balanço,
É a vida evitando a morte
É a revanche do fraco sobre o forte
É pura sorte, é pura sorte
Balanço que nos leva ao fim da vida
Inevitável, não tem saída (é coisa certa)
É meu limite, é meu limite
E a possibilidade infinita
A mais bonita das canções
É ilusão, é ilusão
publicidade