Jovem Guarda

Canibais


ouvir adicionar
Volto aqui se não se importa,
Por favor não feche a porta
Depois assim de tanto tempo sem me ver
Agora eu não sei se a sua vida,
Está igual ou dividida
Eu só sei que algo em seu olhar
Fez você mudar

Será que ainda sonha aquele sonho, aquele velho sonho
No espírito pra sempre jovem, a sonhar
Não fuja do seu próprio encontro
Vem comigo agora e pronto
Porque o vento sopra e o sol desponta
E acho que eu já vou

Cante a canção de amor, cante o que já cantou
Quando a gente é jovem guarda, guarda o que sonhou

Cante a canção de amor, cante o que já cantou
Quando a gente é jovem guarda, guarda o que ficou

Os amigos que marcaram, os amantes que se amaram
E a eterna melodia que tocou

Toda aquela transparência, nunca virou uma ausência
Pois lá no fundo do coração, nossa canção ficou,

Cante essa canção de amor
Vou te fazer sentir amada, vem comigo nessa estrada
Porque o vento sopra, o sol desponta, onde a gente for
Onde a gente for, onde a gente for Volto aqui se não se importa,
Por favor não feche a porta
Depois assim de tanto tempo sem me ver
Agora eu não sei se a sua vida,
Está igual ou dividida
Eu só sei que algo em seu olhar
Fez você mudar

Será que ainda sonha aquele sonho, aquele velho sonho
No espírito pra sempre jovem, a sonhar
Não fuja do seu próprio encontro
Vem comigo agora e pronto
Porque o vento sopra e o sol desponta
E acho que eu já vou

Cante a canção de amor, cante o que já cantou
Quando a gente é jovem guarda, guarda o que sonhou

Cante a canção de amor, cante o que já cantou
Quando a gente é jovem guarda, guarda o que ficou

Os amigos que marcaram, os amantes que se amaram
E a eterna melodia que tocou

Toda aquela transparência, nunca virou uma ausência
Pois lá no fundo do coração, nossa canção ficou,

Cante essa canção de amor
Vou te fazer sentir amada, vem comigo nessa estrada
Porque o vento sopra, o sol desponta, onde a gente for
Onde a gente for, onde a gente for
publicidade