carregando
aleatório
repetir
sem intro
Para adicionar mais músicas, clique em adicionar meu canal e depois em "Adicionar ao player"

Cacife Gold

Sem Perdão (feat. Qualy)

  • traduzir letra
  • imprimir letra
  • corrigir
  • ajuda


Acertei mais um
No tambor ainda tem cinco
Querem que eu garimpo
Mas não jogam o jogo limpo
Não vai sobrar nenhum
Você sabe que eu não minto
Melhor encarar o destino
Ou se perder num labirinto, ei
Luto pelos meus
Minhas conquistas Deus me deu
Se leva pro resumo
O certo que prevaleceu, ei
Ilumina o breu, a fogueira acendeu
Torra essas ideias com o cheiro do pneu, ei
Plata ou Plomo
Não tenho sono
De onde somos
Quero o trono
Sem misericórdia pra essa corja de gravata e terno
E forja a cara, mas de nós não foge
Fecha as loja que o poder é nós agora
Ouve a rajada do AK, canta igual trilha sonora
Clima guerra de Camboja
Joga esse comédia na mala da Santa Fé
Limpa o sangue desse chão pra não sujar meu Nike Air
Se tiver depoimento, só pro Chico Xavier
Vou sair já nessa fuga com a modelo de Chofer

Oi, sequestra a modelo e põe ela na meca
O formigueiro capotou a vera
Aé, aé, vai, fuga dos gambé
Red Ferrari num é motocicleta
É igual 300 cavalo, vai né
Joga a primeira, já joga a segunda
Depois da terceira, sai metendo o pé
Aé, aé, sem perdão, de fato, de fé
Olha esse flow, é tudo que eu sou
É tudo que se queria ser e não é
Tudo que eu rimo é um livro de amor
Drama, vingança, romance e comédia
Eu que sou diretor, interpreto um ator, posso ser produtor
Locutor oculto, ataco e acato pra não ter comédia
Um MC muito acima da média
Bumbo que encaixa com a caixa
Minha voz encaixa com qualquer batera
Bixo papão, eu sou a fera
Papo retão, puta que lá merda
Na dicção, do som, de Tucson
Tik tak, sino toca, eu tô na direção
Puts, quem tá lá? Pera
Puta que pariu, olha a bunda da Erica
Rebolando e jogando
Isso é uma missão para o super Predella
Não vou para por agora
Sorte de quem me pariu nessa Terra
Honro a família
E seis ainda atacando Damassa com rimazinha de merda
Lerda, lenta, pega, senta, tenta aí, ô pela
Põe dozão de menta, aguenta, puxa muita (puff) erva
Pedro Lotto, truta, treta e só perva
Vila Pompeia, é papai
Nóis é a banca dos pocas ideia

Descaso é o que mais te fere
Lealdade é uma virtude, e aí, nóis se difere
Era pra ser um dia bom, mas vai ser teu enterro
E eu vou tá presente ali
Pedro de prata e preto (pedro de prata e preto)
Bueno, bueno
Procês olhar inconformado e não é que ele veio memo
Bueno, bueno
Procês olhar inconformado e não é que ele veio memo
Yayaya
Me livra desse mal que me consome, rasta
Eu perdi mais de mil vez, então por favor me afasta
Se pá não resolve
Então usei aquilo que um toque no gatilho bababasta
"Sábios envelhecem igual ao vinho tinto"
Não é verso velho igual o teu que o tempo empasta
E tudo que eu encosto vira canção, é consequência virar plata
E aí eu sei lidar bem
Trabalho em humanas, deito em exatas
De competência, eu entendo
Deus dá o frio conforme a coberta
E quanto mais você se ausenta, muito menos sinto tua falta

Então enche o copo só de vodka
Deixa bem forte, dá uns corte, pode pá
Morte vem se a sorte não tá
E pesa que desce a pálpebra
Vida segue sua órbita
Quando anoitece, a foice que rege a ópera
Mente assassina é inóspita
E sempre ela é psicótica
E bem metódica
E quem tem que é uma incógnita
Vendo de fora, eu só rima
Sei que pareço hipócrita
Nunca matei, mas cansei de vez e quem duvida
Juro por tudo, o resumo do assunto num é em uma diss
Furo seu buxo e seu pulso e curto, já que eu nunca fiz
Surto com esses puto, num fujo ou sumo, eu tô por aqui
"Move, bitch, get out the way" tô tipo o Ludacris
Minha turnê não é igual a dos cara, é cara
Na deles só faltou uns rabo de saia, vai lá
Se vim me cobrar, aí que cai a casa
Cacife Gold não para
Cê vê que o chicote estrala
Minha turnê não é igual a dos cara, é cara
Na deles só faltou uns rabo de saia, vai lá
Se vim me cobrar, aí que cai a casa
Cacife Gold não para
Cê vê que o chicote estrala

músicas | top novidades | top artistas





Denunciar conteúdo inapropriado

Facebook
Google Plus
Rádio Kboing FM