Serenata Suburbana

Agostinho Dos Santos


ouvir adicionar
Eu levo a vida em serenata
Somente a cantar, cantar
Quem não me conhece tem a impressão
De que eu sou tão feliz
Mas não é isso não
Se eu canto em serenata
É para não chorar
Ninguém sabe a dor que eu sinto
Dentro de mim
Ninguém sabe porque eu vivo
Tão triste assim
Se eu fosse realmente
Muito feliz
Não chorava quando eu canto
E nem cantava para abafar meu pranto Eu levo a vida em serenata
Somente a cantar, cantar
Quem não me conhece tem a impressão
De que eu sou tão feliz
Mas não é isso não
Se eu canto em serenata
É para não chorar
Ninguém sabe a dor que eu sinto
Dentro de mim
Ninguém sabe porque eu vivo
Tão triste assim
Se eu fosse realmente
Muito feliz
Não chorava quando eu canto
E nem cantava para abafar meu pranto
publicidade